.

Eles que sonhem

Passamos boa parte da vida (e isso pode ser a vida toda se você não der um basta) sendo ensinados, seja pela família, escola ou TV, quais sonhos devemos seguir. Sonhos que às vezes não são nossos. Sonho da casa própria, do casamento e família perfeita com cachorro, da formatura aos 22 anos, do carro do ano e da viagem pra Europa.

Se você quer um desses sonhos e isso vai te fazer feliz, ótimo! Corra atrás! Vai ser massa! Não estou aqui pra cagar regra sobre sonhos nem coisa nenhuma. Só quero levantar a bandeira dos Sonhadores Anônimos de Pequenos Sonhos. Eles existem.


Quero dizer que, olhe só que grande descoberta a minha, é possível se sentir realizado com pequenos sonhos. Tipo aqueles que a gente vê que pode acontecer ali na próxima esquina, que pode virar realidade já já. Aquele sonho quentinho que você embrulha num pacote e leva pra casa, um sonho quase de padaria. A foto que ilustra esse texto foi do dia que eu realizei o sonho de dirigir uma Kombi. Uau!

Alguém já disse por aí que sonhar grande e sonhar pequeno dá o mesmo trabalho. Verdade, mas eu gosto mesmo é de sonhar pequeno.

Beijos!


Téo Brito é sócio da Printerama, designer, VJ da MtéoV e contra o futebol moderno.
instagram | twitter